A realização de um sonho de Casamento

superação, sonho, noiva, casamento, família, histórias de noivas, histórias de amor, A realização de um sonho de Casamento, Clube de Noivas RS

A história de hoje nos faz acreditar que a realização de um sonho de  Casamento é muito maior que tudo na vida e até mesmo uma loucura. A superação, o amor e a família nos move como jamais um dia iríamos pensar, nos tornando loucos e felizes.

Antes de ler o restante, por favor, de play no vídeo abaixo e siga lendo:

Agora com esta música especial, vem conhecer a linda e emocionante história da noiva Fernanda Bugs:

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&  *   &&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

superação, sonho, noiva, casamento, família, histórias de noivas, histórias de amor, A realização de um sonho de Casamento, Clube de Noivas RS
Foto: Marília Dias

 

Meu nome é Fernanda Bugs Goldschmidt e vou contar para vocês como foi organizar o meu casamento em um ano onde um turbilhão de emoções estava aflorado.

Ficamos noivos em uma viagem que realizamos em julho de 2013. Foi lindo, estávamos felizes depois de 10 anos de relacionamento e então quando retornamos decidimos a data do nosso casamento, 13 de setembro de 2014.

Voltando um pouquinho na história, minha mãe havia sido diagnosticada com um câncer em 2010. O tratamento foi complicado, mas até o final do ano de 2013 ela estava bem, se tratando, mas bem. Então quando o tão esperado ano de 2014 virou, estávamos todos muito felizes, pois ela estava bem, o local do casamento já estava decidido, e durante o ano todo, eu e minha mãe focaríamos em organizar todo o casamento. Bem, isso foi o que pensávamos ou melhor, é o que pensa toda a noiva que tem uma mãe amiga, companheira e com o mesmo sonho, como era a minha mãe.

superação, sonho, noiva, casamento, família, histórias de noivas, histórias de amor, A realização de um sonho de Casamento, Clube de Noivas RS
Foto: Marília Dias

 

Em fevereiro minha mãe sofreu uma queda na rua sozinha e a partir desse momento só piorou as coisas. Em maio e um dia antes do meu aniversário a médica dela pediu para conversar comigo e com meu pai. Minha intuição e conhecimento sobre o caso me diziam que não seriam boas noticias, e realmente não eram. Nos foi dado a noticia que ela teria apenas mais seis à nove meses de vida ao nosso lado.

Uma notícia trágica e triste que demorei três dias para decidir se mudaria a data do casamento ou o se cancelaria tudo. Foi então que decidi seguir em frente com o casamento e junto, decidi que ela estaria comigo neste dia especial, não tendo em em nenhum momento pensado algo contrário a isso, sendo uma convicção muito forte que tudo daria certo para nós.

Seis meses se passaram, e seis meses  divididos em sentimentos de alegria e tristeza enquanto organizávamos o casamento de forma tranquila, tendo a abençoada ajuda do meu noivo, de fornecedores, amigos e familiares para que tudo desse certo até que chega o dia 13 de setembro, meu casamento!

Acordei feliz e empolgada, sendo que a primeira pessoa que vi foi ela, que me esperava para o café ansiosa, pois estava com as flores para fazer meu buquê. Naquele momento, senti que ela venceu esta etapa da vida e que iria realizar o sonho de ver sua filha se casar, e não foi diferente.

Juntas fomos para o hotel onde passei o dia com ela e juntas nos direcionamos para o local do casamento e de mãos dadas, e como teria que ser e foi incrível, foi inesquecível e emocionante.

superação, sonho, noiva, casamento, família, histórias de noivas, histórias de amor, A realização de um sonho de Casamento, Clube de Noivas RS
Foto: Marília Dias

 

Após o casamento e passados exatos vinte dias, ela se foi deixando cumprida sua missão ao meu lado e tendo levado consigo o seu sonho realizado e a paz em seu coração.

De maneira alguma eu gostaria que essa história seja triste para você, pois foi uma história feliz em que duas pessoas que se amam realizaram o sonho do casamento e também é uma história feliz pela realização do sonho de outra pessoa, a minha Mãe, que havia até escolhido uma música especial  para sua entrada na igreja. A Música se chama Balada do louco dos Mutantes, o que não ocorreu devido a sua debilitação, porem destaco uma parte especial da musica que diz:

“Dizem que sou louco, por cantar assim… mas louco é quem diz que não é feliz”.

Ela tinha razão! Na loucura somos felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *